Blog do Guto: MARANHÃO DEFINE COMPROMISSOS NA ÁREA DE TECNOLOGIA E INOVAÇÃO EM MISSÃO À ÁSIA

A comitiva maranhense permanecerá na Coreia do Sul até esta quarta-feira (25) e depois segue para o Vietnã.

CB

A comitiva da missão Ásia, liderada pelo vice-governador Carlos Brandão e pelo secretário de Programas Especiais, Pierre Januário; com a participação de membros das prefeituras de São Luís e de São Mateus do Maranhão; além de empresários locais e representantes de instituições de fomento à pesquisa e empreendedorismo, iniciou a agenda oficial na Coreia do Sul nesta segunda-feira (23).

Para além do importante momento na sede da embaixada do Brasil na Coreia do Sul, os compromissos na capital Seul foram focados no aprendizado em tecnologia e inovação com uma das nações que mais entendem do tema em todo o mundo. Para viabilizar tantas ideias e necessidades neste setor no Maranhão, foi apresentada à delegação maranhense a Universidade KAIST (Instituto Avançado de Ciência e Tecnologia da Coreia), uma universidade de pesquisa pública em Daejeon, na Coreia do Sul.

Fundada em 1971, a KAIST é uma universidade líder em tecnologia na Coreia do Sul.  É a mais renomada do país quando o assunto é tecnologia, considerada a mais inovadora de todas na Ásia e a sexta no mundo.

O encontro, realizado por intermédio da Embaixada Brasileira e Eduardo Komatsu, agente do centro global de comercialização da entidade, serviu para entender quais as necessidades do Governo do Maranhão e empresários maranhenses para adequar a tecnologia necessária, as políticas locais e o melhor conjunto de tecnologias para atender a essas demandas.

A partir daí, será produzido um projeto de consultoria para propor as alternativas de sucesso. “Para nós conversarmos com as empresas locais coreanas a fim de que nos ofereçam oportunidades de investimentos, é necessário o apoio da KAIST para que o trabalho seja realizado nesse sentido”, acrescentou o secretário Pierre Januário.

Para se ter noção da relevância desse momento, a Coreia do Sul é um dos países que  dominam a lista daqueles que mais investem em pesquisa e desenvolvimento como parcela do PIB, segundo pesquisas recentes divulgadas pela ONG Batelle, ocupando o quinto lugar no pódio dos bilhões de investimentos absolutos nestes campos de aposta no crescimento econômico e pessoal do país.

“Também conversamos bastante com o embaixador brasileiro na Coreia do Sul, Luis Fernando Serra, para ampliarmos os horizontes de desenvolvimento no Maranhão. Nada acontecerá da noite para o dia, mas os primeiros passos estão sendo dados”, comemorou o vice-governador Carlos Brandão.

Na onda das startups

A popularidade do termo startup está alcançando cada vez mais espaço no cotidiano dos empreendedores e a Coreia do Sul também é referência por sua expertise e competitividade neste setor. O termo ‘startup’, portanto, está diretamente conectado ao empreendedorismo e inovação. Para que uma organização se torne startup, ela precisa ter custos baixos e também conquistar, em um pequeno espaço de tempo, uma alta lucratividade, promovendo uma verdadeira corrida por ideias inovadoras, que podem ser lucrativas e transformadas em negócios.

Em busca de fortalecer as startups no Maranhão, a comitiva maranhense participou de um encontro na sede do Centro para Economia Criativa e Inovação – Gyeonggi (GCCEI). O GCCEI é um órgão ligado ao governo coreano para fomentar a aceleração de startups inovadoras e apresentou à comitiva maranhense o seu funcionamento e princípios norteadores, por meio da explanação de um dos seus  principais membros, conhecido mundialmente, o diretor de marketing global e cooperação na GCCEI, David Baek, que acompanhou a visita da comitiva maranhense às instalações do Centro.

“Nós ajudamos as empresas de startups a fazerem os seus negócios de maneira mais eficaz. As grandes corporações achavam que seus próprios esquemas de pesquisa conseguiriam fazer inovação melhor do que as startups, mas essa é a grande diferença  entre inovação fechada e a inovação aberta”, reforçou Baek, ao despertar o interesse dos maranhenses em investir em conhecimentos inovadores.

A comitiva maranhense permanecerá na Coreia do Sul até esta quarta-feira (25) e depois segue para o Vietnã.

Guttenbergg Pereira jornalista do Blog do Guto, 24 de outubro de 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s