Blog do Guto: PROGRAMA DO LEITE É AMPLIADO PARA NOVOS 27 MUNICÍPIOS MARANHENSES

O programa consiste na aquisição de leite de vaca e de cabra, oriundos da produção independente de agricultores familiares, que atendam aos requisitos de controle de qualidade dispostos nas normas vigentes.

03828_atualmente_7_municipios_fazer_parte_do_programa_do_leite_no_maranhao_4589367908750353217-1024x576

O Governo do Estado, por meio da Secretaria do Desenvolvimento Social (Sedes), promoveu nesta sexta-feira (18), encontro com prefeitos e secretários de Assistência Social de 27 municípios maranhenses que aderiram recentemente ao Programa de Aquisição de Alimentos – na modalidade Leite (PAA Leite). Realizado no auditório da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), o encontro teve como objetivo apresentar aos gestores a operacionalização do programa do leite no estado.

Na oportunidade, foi realizada a assinatura do Termo de Adesão pelos representantes municipais. O documento firma o compromisso de cada região em executar, juntamente com o Governo do Estado, o programa que vai beneficiar milhares de famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social e alimentar.

Para a Secretária Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan) da Sedes, Lourvídia Caldas, que participou do evento representando o secretário do Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, a ampliação do programa do leite é um passo importante para que o objetivo principal seja alcançado.  “Fazer com que o Programa do Leite chegue a mais municípios maranhenses é um ponto muito positivo para o nosso estado, pois ajuda a garantir que mais famílias sejam beneficiadas com um produto tão importante para qualquer fase da vida”, explicou Lourvídia.

De acordo com o prefeito do município Lagoa Grande, Chico Freitas, o PAA Leite irá ajudar a melhorar a qualidade de vida de mais de 600 famílias que vivem na região. “Estou muito confiante com a implantação do programa em Lagoa Grande. Vamos fazer o possível para que a execução seja feita com responsabilidade, garantindo, dessa forma, às famílias mais pobres, o direito do recebimento gratuito do produto”, disse ele.

Segundo o coordenador estadual do PAA-Leite, João Batista Fernandes, a Sedes tem realizado um trabalho consistente em parceria com outros órgãos estaduais e sindicatos para que o processo de expansão do programa seja executado mesmo com os entraves encontrados como, por exemplo, a baixa produção leiteira.

Estamos focando no trabalho de forma intersetorial, a fim de garantir a boa execução do PAA Leite nos municípios. Com a contribuição do Sistema Estadual de Produção e Abastecimento (Sepab), vamos conseguir potencializar a produção do suplemento em vários municípios, uma vez que serão instalados tanques de resfriamento, oferecidas capacitações aos produtores, entre outras ações”, explicou João Batista.

Também estiveram presentes, durante o Encontro, o gerente da cadeia produtiva do leite no Programa Mais Produção, Fernando Trinta, que representou o secretário de Agricultura, Abastecimento e Pesca, Márcio Honaiser e o presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e de Extensão Rural do Maranhão, Júlio César Mendonça.

Guttenbergg Pereira jornalista do Blog do Guto, 21 de agosto de 2017.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s